sexta-feira, 1 de novembro de 2013

"Monografia do Concelho de Vila Pouca de Aguiar" - agora na nossa Biblioteca

 A Monografia do Concelho de Vila Pouca de Aguiar já está disponível na nossa Biblioteca Escolar. Foi uma oferta da Câmara Municipal que, gentilmente, respondeu ao nosso pedido, oferecendo-nos 2 exemplares.
No dia 25 de outubro, no auditório da Escola Secundária e integrado na celebração do mês das Bibliotecas Escolares, o professor Albertino Sousa, como coordenador da equipa que elaborou este trabalho, fez uma apresentação da obra a alunos do 11º e 12º Anos.
Com uma descrição mais ou menos pormenorizada do conteúdo de cada capítulo e da identificação dos respetivos autores, vários deles professores do nosso agrupamento de escolas, o professor Albertino mostrou como esta obra é uma excelente porta para o conhecimento da história do nosso concelho, do seu património, das suas gentes e da sua cultura.

É uma edição da Câmara Municipal, agora também acessível na nossa biblioteca.

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Dia Nacional das Bibliotecas Escolares - Trabalhos dos alunos


As bibliotecas são como as prendas do Natal. Caixas cobertas como  embrulhos de mil cores e fechadas com um grande laço, brilhante. O que todos desejam... é o elas que contêm. Normalmente são: um brinquedo, um comboio, um urso de peluche e, para os mais graúdos, um ipad ou um computador. Mas, no caso das bibliotecas, temos um tesouro muito maior e mais variado. Um autêntico arco-íris de livros, uns de capa grossa, outros de capa fina, uns roxos, outros amarelos, mas todos com um mundo diferente a descobrir!


É estranho... mas a biblioteca é também um resguardo do mundo! Quando estamos lá, parece que entramos num mundo mágico. Abrimos a porta e invade-nos imediatamente uma onda de emoções. Sentamo-nos e parece que nos isolamos do mundo para vivermos num outro – o mundo e a vida das personagens dos livros. Então, somos outros! Somos ricos!


Laura Leal da Costa, nº8, 9.ºA

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

28 de outubro - Dia Nacional das Bibliotecas Escolares

Biblioteca

Fonte de sabedoria,
fonte de inspiração,
para quem ler é alegria,
a biblioteca toca no coração.

Cada livro, cada folha,
cada palavra, cada coleção,
encerram conhecimento,
curiosidade e imaginação.


André Cruz, nº 3 - 12.º B

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Outubro - Mês das Bibliotecas Escolares

Seguindo a temática "Biblioteca Escolar -Uma porta para a vida",  muitos alunos responderam ao desafio de celebrar este mês dedicando um texto à Biblioteca. Parabéns a todos!
Divulgamos hoje o texto da Isabel Moreira, do 12ºA e prometemos que vamos organizar uma publicação conjunta de todos os trabalhos.

A biblioteca escolar

Fernando Pessoa escreveu um dia: “Ai que prazer/ Não cumprir um dever,/ Ter um livro para ler/ E não o fazer!”. Na verdade, todos temos essa liberdade. No entanto, não acredito que sejamos capazes de resistir a um bom livro. Sabem porquê? Porque existe a biblioteca escolar e, graças a ela, todos temos bons livros para ler, quer sejamos pobres ou ricos, bons ou maus alunos, mais cultos ou mais ignorantes.
Já alguma vez tinham pensado nisto? A biblioteca escolar é, não só um local de aprendizagem e de trabalho, mas também um espaço de lazer e de igualdade de oportunidades. Se antes esta era vista apenas como um local de silêncio, quase como um templo sagrado, só destinado a alguns, hoje a nossa biblioteca é um local de onde pulsa a vida e a descoberta, repleto de livros, revistas, jornais, filmes e computadores. É, também, um local de livre acesso a qualquer um, onde se podem passar bons momentos de lazer e também de trabalho.
Pensa bem: quando foi a última vez que foste à tua biblioteca escolar? E, se entraste lá, o que foste realmente fazer? Tens utilizado, de facto, todas as ferramentas que ela te proporciona?
Deixa-me adivinhar, não gostas de ler, não é? Se assim é, aconselho-te a dares uma nova oportunidade à nossa biblioteca e, deste modo, à leitura. Se calhar, leste um romance e não gostaste. No entanto, por que é que não tentas ler um livro de poesia? Dizer “eu não gosto de ler”, é como dizer que não gostas de carne. Podes até não gostar de frango, mas isso não implica que não gostes de todos os tipos de carne, certo? Na verdade, mesmo aqueles que gostam de ler, não gostam de todos os livros que existem.
Se pensas que ler “é maçada”, é porque ainda não descobriste o tipo de livros de que gostas. Então, não desistas! Com tanta variedade de livros que a nossa biblioteca escolar possui, é só escolher.
Não te esqueças deste cantinho que, apesar dos tempos difíceis que o país atravessa, te pode proporcionar bons momentos de sonho e liberdade.
Vá lá! É só subir as escadas! Aproveita!
                                                                                                 Isabel Moreira, 12.ºA, nº13

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Mês das Bibliotecas Escolares -Trabalhos dos Alunos (Cont.)

Aquele mundo que é só nosso….

Fonte:: http://janellemccullochlibraryofdesign.blogspot.p
Observo novamente a porta e sinto que algo me chama. Será o riso do menino em “A Aia”, o barulho do caldeirão borbulhante em “Harry Potter” ou até mesmo as despedidas dos inúmeros marinheiros, antes de seguirem rumo à descoberta em “Os Lusíadas”?
Deixo-me levar e perco-me neste mar de palavras e emoções suportados apenas por duas simples folhas de cartão.
Sou interrompida por pequenos sussurros e pelo arranhar de lápis nas folhas. Reparo como tudo é tão delicado aqui dentro, como todos têm o cuidado de não “acordar” os restantes visitantes neste mundo à parte que contrasta com o ruído e agitação dos outros espaços.
Afinal, não é mesmo para isso que a biblioteca existe?


                                                                                   
                         Margarida Fontoura Matias, nº 10, 9.ºA 

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Trabalhos dos Alunos

      No âmbito da celebração do mês das Bibliotecas Escolares, começamos hoje a publicar os textos criados pelos alunos, baseados na temática "Biblioteca Escolar - Uma porta para a vida".
      Agradecemos a colaboração dos professores que se disponibilizaram a incentivar e a apoiar a participação dos alunos nesta atividade.  Parabéns a todos pelos bons trabalhos conseguidos!

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Outubro - Mês da Biblioteca Escolar

Outubro, 28
Mês Internacional e Dia das Bibliotecas Escolares

Este é o mês, por excelência, das Bibliotecas Escolares que culminará no dia 28 com celebrações especiais.
A nossa biblioteca vai associar-se a estas celebrações com a realização de várias atividades destinadas aos diferentes ciclos e anos de escolaridade.
Este ano, o tema nacional proposto é bem incentivador:

Informa-te na BE ou junto do teu professor de Português.
Participa com a tua imaginação e com o teu trabalho e não te esqueças:
A Biblioteca Escolar é uma porta para a vida!

         E para que este mês seja realmente festivo, convidamos-te a iniciá-lo da melhor maneira. Aprecia esta canção (letra e vídeo):  Ode à Biblioteca

 Diverte-te e vê as portas que se abrem, quando entras numa biblioteca.


segunda-feira, 13 de maio de 2013

O Secundário está a acabar ....e agora?

Agora que estás a terminar o Ensino Secundário, já decidiste o que vais fazer a seguir?
A revista Forum Estudante disponibiliza-te muita informação útil sobre os vários tipos de formação a que podes ter acesso, as diferentes áreas do conhecimento, possíveis saídas profissionais, relatos de experiências, etc.
Podes aceder a toda essa informação aqui

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Día Internacional del Libro


¿Sabes por qué se celebra el Día Internacional del Libro?
El día 23 de abril fue elegido como Día del Libro y del Derecho de Autor, pues corresponde al fallecimiento de los escritores Miguel de Cervantes, William Shakespeare e Inca Garcilaso de la Vega (el escritor peruano Gómez Suárez de Figueroa). En esta fecha también fallecieron William Wordsworth (en 1850) y Josep Pla (en 1981). A partir de 1995 y a iniciativa de la Unión Internacional de Editores, el 23 de abril es declarado el "Día Internacional del Libro y del Derecho de Autor".
Bibliotecas, librerías, escuelas, centros culturales, fundaciones… todos se unen en este día para conmemorar esta celebración. Ferias, actividades, concursos, maratón de cuentos, lecturas en voz alta… son miles y miles de actividades por todas las ciudades de España y del mundo. Es una “fiesta” internacional”. ¡Viva la lectura! ¡Viva la fantasía! ¡Viva la imaginación! ¡Vivan las buenas historias!
¿Cómo surgió la celebración en España? 
Alfonso XIII en 1926 establece la fecha el 7 de octubre, no fue hasta 1930 cuando se instaura definitivamente la fecha del 23 de abril como Día del Libro. Esta celebración arraigó sobre todo en las ciudades universitarias y curiosamente en Barcelona y después en toda Cataluña, esta celebración se fundió con el día de Sant Jordi (San Jorge) y se fortaleció de tal manera que hoy es tradicional en Cataluña el intercambio y regalo de rosas y libros entre parejas y personas queridas en esta fecha. Todas la ciudades y pueblos de Cataluña resplandecen en un mosaico multicolor de paradas callejeras con rosas, libros y miles de personas paseando, curioseando y comprando libros y rosas, la "Diada de Sant Jordi" es un día de mucha alegría y felicidad.
Esta tradición tan bonita fue uno de los argumentos que la UNESCO esgrimió cuando declaró el 23 de abril como el Día Internacional del Libro.








Exposição na nossa Escola




segunda-feira, 15 de abril de 2013

Encontro com o escritor Richard Zimler


RICHARD ZIMLER esteve connosco ….

        O escritor, jornalista e professor catedrático Richard  Zimler esteve no nosso Agrupamento, no dia 9 de abril.
     O encontro com alunos e professores desenvolveu-se em duas sessões muito participadas que decorreram no auditório da Escola Secundária, tendo-se verificado uma grande interação e empatia entre o convidado e todos os participantes. Os nossos alunos, apoiados pelo professor João Paulo, deram as boas vindas ao escritor com uma canção (original) de abertura e outra de despedida.
     Respondendo às inúmeras perguntas que lhe foram feitas, ficámos a conhecer os seus gostos e dificuldades, a história da criação de vários dos seus livros, a sua experiência e tempos de escrita, a sua origem numa família judia e o enorme interesse que tem pela História de Portugal, facto que lhe tem motivado muitas pesquisas e sido fonte de inspiração de alguns dos seus romances. 
    Ouvimos, com muito interesse, como O Último Cabalista de Lisboa (baseado na história do massacre dos cristãos-novos que foram queimados no Rossio em 1506) se tornou num "best-seller" , depois de ter sido recusado por 24 editoras americanas; como Ilha Teresa tem algo a ver com a história de vida do próprio autor - alguém que saiu do seu país e se integrou, com algum sentido de humor, numa nova sociedade, numa nova língua e numa nova cultura, com todos os choques que daí resultam. Explicou-nos também os laços de afetividade que o unem ao seu livro Meia-noite ou o Princípio do Mundo por ser aquele que mais tempo lhe levou a escrever (três anos e meio) e, por isso, as personagens com quem mais conviveu.
     Este encontro com Zimler serviu também para uma reflexão sobre a Língua Portuguesa pois, como nativo americano e como "English speaker", foram muito claras as dificuldades que o escritor relatou no seu esforço para aprender a nossa língua, ao mesmo tempo que exaltou junto dos alunos a importância da aprendizagem da Língua Inglesa, como instrumento privilegiado de comunicação na sociedade e mundo atuais.
     A Biblioteca Escolar congratula-se com o sucesso desta atividade e agradece à LEYA o seu patrocínio.   Foi uma excelente oportunidade para conhecermos este escritor que começou por escrever contos, muitos deles publicados em revistas americanas e que tem cativado os leitores, não só com um já vasto número de romances, mas também com a publicação de livros para crianças. 


terça-feira, 2 de abril de 2013

Dia Internacional do Livro Infantil


O Dia Internacional do Livro Infantil comemora-se a 2 de abril, data do nascimento do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen. O cartaz alusivo deste ano é da autoria de Maria João Worm, vencedora do Prémio Nacional de Ilustração do ano passado. 

Alegria dos livros à volta do mundo é a mensagem deste ano, num belo poema de Pat Mora:

Alegria dos livros à volta do mundo

Lemos juntos, tu e eu.

Vemos que as letras formam palavras
e as palavras se transformam em livros
que seguramos na mão.

Ouvimos murmúrios
e rios agitados correndo pelas páginas,
ursos que cantam à lua
melodias divertidas.

Entramos em castelos misteriosos
e das nossas mãos crescem árvores em
flor
até às nuvens. Vemos meninas corajosas
que voam
e rapazes que pescam estrelas
cintilantes.
Tu e eu lemos, dando voltas e mais
voltas,
alegria dos livros à volta
do mundo.

Pat Mora

(trad. Maria Carlos Loureiro)

Fonte: http://www.facebook.com/educadoresdeinfancia

Vamos ter a visita de um escritor!


quinta-feira, 14 de março de 2013

SEMANA DA LEITURA

Seguindo a temática do Mar que preenche toda a Semana da Leitura,  a aluna  Sara Filipa Teixeira Vilela, do 9º B, ofereceu à nossa Biblioteca Escolar este bonito poema:

Fonte: http://t1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcReU29K5Vi9e
Uu_jvR5tqhbtOJTFxN0eoxnQ2_i76QyQvWqmPJR

O MAR E OS PORTUGUESES

Os portugueses descobriram no mar
Mil e uma aventuras e riquezas,
Segredos ocultos, histórias por contar.
Nele se aventuraram sem certezas,
Mas com brilho no olhar
Enfrentaram perigos e tristezas.
Um povo corajoso que une nobre e camponês,
Assim se conta a história do peito ilustre português!




PARABÉNS SARA!




segunda-feira, 11 de março de 2013

SEMANA DA LEITURA 2012-2013

      O mar sempre foi uma fonte de inspiração artística e é, este ano, também o tema principal da Semana da Leitura.
      Para os Portugueses o mar foi, ao longo da sua história, um desafio para se ir mais além, um caminho aberto para o mundo, ainda que ladeado por perigos e medos.
      O mar está presente na nossa cultura, aos mais diversos níveis: na história, na literatura, na pintura, na música ...
       Nesta Semana da Leitura, vamos ler mais! Vamos NAVEGAR NOS LIVROS, MERGULHAR NAS PALAVRAS E REDESCOBRIR O MAR. 

      O vídeo que selecionámos para hoje é baseado num excerto da MENSAGEM de Fernando Pessoa, - Mar Português (O Infante). O Poema é cantado por Dulce Pontes:


sexta-feira, 8 de março de 2013

2ª fase Fase Distrital - Vila Real, a realizar no dia 23 de Abril, em Montalegre

Se és um(a) finalista do Concurso do PNL, consulta o Regulamento , disponível na tua Biblioteca. As informações constantes neste blogue não dispensam a leitura atenta do mesmo.

Síntese do Regulamento

O presente regulamento estabelece as regras gerais da 2.ª fase do Concurso Nacional de Leitura 2012/2013, no Distrito de Vila Real, a realizar no Parque de Exposições e Feiras de Montalegre (Pavilhão Multiusos), sito na Avenida D. Nuno Álvares Pereira, no dia 23 de abril de 2013 (terça-feira), Dia Mundial do Livro, a partir das 13h00.

2. As provas distritais incidirão sobre as seguintes obras, divulgadas a todos os concorrentes:
Obras a concurso
3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO
- O Mundo em que vivi, de Ilse Losa
- Constantino, guardador de vacas e de sonhos, de Alves Redol

ENSINO SECUNDÁRIO
- O Rapaz do pijama às riscas, de John Boyne
- Bichos, de Miguel Torga

Apuramento dos finalistas

1. Para apuramento dos finalistas da fase distrital do Concurso Nacional de Leitura 2012/2013, proceder-se-á à realização de duas provas: uma escrita e outra oral.

Concorrentes Apurados

Será apurado para a Fase Final do Concurso Nacional de Leitura apenas um aluno concorrente de cada categoria, o mais pontuado nas duas provas. Serão selecionados ainda um segundo e terceiro concorrentes por categoria, classificados em segundo e terceiro lugares, que deterão o estatuto de suplentes, para a eventualidade do vencedor não poder comparecer.

Mais informações sobre o CNL

Para mais informações, aconselha-se a consulta do sítio do Plano Nacional de Leitura, item “Concursos”: http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/Concursos/

Anexo I – Programa

13h00 – Chegada ao Parque de Exposições e Feiras de Montalegre (Pavilhão Multiusos), sito na Avenida D. Nuno Álvares Pereira para identificação dos alunos, chamada e distribuição dos alunos pelos locais da Prova Escrita

14h00/14h30 – Realização da Prova Escrita por parte dos alunos do 3.º Ciclo e do Ensino Secundário

14h00 – Passeio e visita guiada ao ECOMUSEU para os acompanhantes dos alunos (professores, encarregados de educação, outros acompanhantes)

14h35 - Lanche e recreio convívio no Café com Letras (Pavilhão Multiusos)

15h00 – Entrada no Auditório Municipal

15h10 – Início da Prova espetáculo (Prova Oral)

15h20 – Início da Prova Oral para os alunos do 3º ciclo

15h50 – Momento de animação cultural

16h15 - Início da Prova Oral para os alunos do Secundário

16h45 – Momento de animação cultural

17h00 – Entrega dos Prémios aos finalistas

17h15 – Encerramento


terça-feira, 5 de março de 2013

Março - Semana da Leitura

Março é o MÊS DAS LEITURAS,  este ano, dedicado à temática do MAR.  Agradecemos aos nossos alunos que aceitaram  o desafio de fazer um cartaz para assinalar a semana que se aproxima. Parabéns à vencedora!


PARTICIPA ativamente. Para que não percas nada, consulta o programa.



segunda-feira, 4 de março de 2013

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

540º Aniversário de Nicolau Copérnico



No dia do 540º Aniversário de Nicolau Copérnico, convidamos-te a conhecer um pouco mais sobre a vida deste astrónomo e matemático do séc. XV e sobre a sua teoria do Heliocentrismo que abriu caminho para a visão moderna que hoje temos do mundo.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Dia da Internet Segura

O texto que a seguir se transcreve é da responsabilidade do professor bibliotecário da Escola Secundária de Amares e pode ser visualizado na seguinte  página.
Por nos parecer tão pertinente e conter informações muito concisas, aqui vos deixamos o seu conteúdo.
"O Dia da Internet Mais Segura 2013 foi celebrado na Escola Secundária de Amares e contou com a presença do Professor Henrique Santos, do Departamento de Sistemas de Informação da Universidade do Minho, reconhecidamente um dos maiores especialistas portugueses nas áreas da segurança em sistemas de informação e segurança em redes de computadores. A palestra “Redes Sociais: Podemos ou não confiar?" foi dirigida a toda a comunidade educativa, mas vocacionada particularmente para os alunos do ensino secundário, utilizadores frequentes das redes sociais. Na ocasião, este especialista reconheceu a importância e utilidade das redes sociais mas alertou os ouvintes para os cuidados a ter na sua utilização, demonstrando a facilidade de cometer erros ou de alguém se ver envolvido em situações desagradáveis. Confrontou os presentes com 10 situações comuns que podem configurar comportamentos de risco no uso da internet e das redes sociais:

1. a publicação de informação pessoal em sites públicos, incluindo fotografias;
2. o envio de informação pessoal a alguém que não se conhece;
3. a abordagem de assuntos de sexo com alguém que não se conhece pessoalmente;
4. o acesso a sites pornográficos (frequentemente commalware);
5. a transferência de ficheiros através do mecanismo P2P (e.g. BitTorrent);
6. a utilização de nicknames com conotações sexuais;
7. a partilha de “amigos” desconhecidos através das redes sociais;
8. a realização de comentários ofensivos (ou difamatórios) sobre racismo e violência;
9. a realização de plágio e a violação de direitos de autor;
10. a abertura de anexos desconhecidos de mensagens consideradas “autênticas”.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

A magia das palavras de João Pedro Mésseder


João Pedro Mésseder nas palavras dos alunos

O autor veio à nossa Escola

No dia vinte e cindo de janeiro de dois mil e treze, recebemos na nossa escola, o escritor Dr. José António Gomes.
Todas as turmas prepararam actividades relacionadas com os livros que o autor publicou.
As sessões decorreram no polivalente que foi decorado cuidadosamente, por todos os grupos participantes.
Cada grupo apresentou o que tinha preparado, seguindo-se um espaço onde todos puderam colocar algumas questões ao escritor.
O escritor respondeu a todos com muita satisfação e presenteou os alunos com a leitura de poemas ou histórias engraçadas.
No final, todos quiseram uma recordação do autor, organizando-se, recebendo uma dedicatória e um autografo.
Foi para todos, um grande prazer, participar nesta actividade tão interessante.

Nós perguntamos e o autor respondeu…

1- Porque escreveu os livros com poemas matemáticos? É professor de matemática?
R- Não sou professor de matemática. Escrevi os poemas porque precisamos de matemática na nossa vida, assim os meninos podem aprender a matemática de forma divertida.

2- Como consegue ter tempo para escrever e ser professor?
R- Sabes, quando gostamos de fazer qualquer coisa, arranja-se sempre tempo…

3- Porque usa um pseudónimo?
R- Uso o meu nome verdadeiro em trabalhos pessoais e quando escrevo livros, para se distinguir escrevo o pseudónimo.

4- Gosta mais de escrever poemas ou outros textos?
R- Primeiro gostava mais de escrever poemas, nas estou a começar a gostar também de outros textos.

5- Gosta mais de escrever livros para crianças ou para adultos?
R- Quando estou bem disposto escrevo para crianças e quando estou mal disposto para adultos porque os adultos trazem as tristezas ao Mundo e as crianças não tem culpa.

6- O que sente quando acaba um livro?
R- Sinto-me feliz, porque já posso escrever outro.

7- Qual vai ser o seu próximo livro?
R- Não sei! Já escrevi um poema que posso partilhar já convosco.

8- O senhor já foi a muitas escolas?
R- Já fui a muitas… Já lhe perdi a conta. Até já estive nesta escola noutra ocasião.

9- O que é que gosta mais de ver quando vai as escolas?
R- Gosto muito de ver as crianças e os projectos que fazem a partir dos meus livros.

10- Quando ouve um poema seu que foi musicado, o que sente?
R- Fico contente e dá-me também vontade de cantar.

11- Eu também me chamo João Pedro. Porque escolheu o meu nome?
R- Escolhi o nome João porque os meus melhores amigos chamavam assim. Como eu vivo no Porto, no dia 24 de junho festeja-se o S.João. Outro santo popular que eu gosto é o S.Pedro, por isso escolhi também Pedro, Mésseder é um nome de família.

Gostei porque…
…Conheci um escritor (Sofia)
…Foi divertido e alegre (Fátima, Ana, Joana Filipa, João)
…Aprendi coisas novas e interessantes e recebi um autógrafo (Vera, Diogo, Laura, Letícia, Juliana, Daniel, Rodrigo Pimenta, Andreia F, Xavier)
…Foi engraçado dizer o poema e conhecer o autor (Rodrigo, Rui Pedro)
…O autor leu um poema, conheci-o e falei com ele (Miguel, Filipa, Joana Fernandes Ferreira)

João Pedro Mésseder escreve para crianças quando está feliz e quando está triste escreve para adultos porque eles precisam quem alguém que os corrija.
Ana Carolina, 3ºA

João Pedro Mésseder sente que as letras e os números podem ter qualquer coisa em comum.
Tânia 3ºA

Ao ouvir o João Pedro Mésseder senti que para ser escritor tem que se ler e escrever muito.
Carolina Sá, 3ºA

As crianças motivam-no para escrever poemas.
Lucas, 3ºA

Nos seus livros, João Pedro Mésseder diz-nos que não devemos fazer mal à natureza nem ao ambiente.
João Pedro, 3ºA

O escritor veio para ver o que as turmas fizeram, para mostrar como as obras dele são fantásticas.
Manuel Escaleira, 4ºC

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

O jornal Mensagens Aguiarenses também esteve presente no Centro Escolar

A notícia das sessões do encontro do escritor  João Pedro Mésseder com os alunos do 1º Ciclo, na imprensa local - Mensagens Aguiarenses.




terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Encontro com o escritor João Pedro Mésseder

A Rádio Clube Aguiarense esteve presente e deixa-nos a sua reportagem. Queres ouvir?




sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Concurso: 7 Dias, 7 Dicas sobre os Media


Integrado na Operação 7 Dias com os Media, projeto nacional destinado à sensibilização dos cidadãos para o papel e lugar que os media  tradicionais e de nova geração ocupam no seu quotidiano, o Gabinete para os Meios de Comunicação Social (GMCS) e a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), em parceria com a Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas (ERTE) da Direção-Geral da Educação e a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), lançam o concurso 7 dias, 7 dicas sobre os media.

Saiba tudo sobre este concurso Aqui  e conheça os muitos recursos que lhe são disponibilizados.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Concurso - Uma Aventura Literária 2013






Está a decorrer até ao próximo dia 15 de fevereiro o concurso "Uma Aventura Literária - 2013", promovido pela Editorial Caminho.
Participa! Há vários prémios à espera dos melhores trabalhos. 
Para mais informações e apoio contacta a tua Biblioteca Escolar.


terça-feira, 22 de janeiro de 2013

5 de fevereiro, Dia da Internet Segura

O Dia da Internet Mais Segura (SID) é coordenado pelo CENTRO INTERNET SEGURA e decorre em Fevereiro de cada ano para promover uma utilização mais segura, inclusiva e mais responsável das tecnologias on-line e telefones móveis, especialmente entre as crianças e jovens em todo o mundo. Para obteres mais informação consulta a página aqui.
Na nossa escola decorrerão sessões de informação  entre os dias 4 de fevereiro a 15 de fevereiro. Está atento à calendarização patente nas Biblotecas.
Ler mais

sábado, 19 de janeiro de 2013

Projeto Coménius - Visita à Roménia

Para os representantes do nosso Agrupamento que participam no projeto Coménius e que estão de partida para a Roménia, aqui lhes deixamos alguma informação sobre o País que os vai receber.

Vejam um pequeno documentário Aqui e Boa estadia!



sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

JOÃO PEDRO MÉSSEDER NA BIBLIOTECA

O poeta João Pedro Mésseder vai estar no edifício do 1º Ciclo, no próximo dia 25 de janeiro de 2013 para conversar com os alunos deste nível de escolaridade. 
Neste momento, os alunos já andam a explorar duas das suas obras, a sua vida, realizando trabalhos de pintura e escrita. 

João Pedro Mésseder nasceu em 1957, no Porto. Sob a identidade de José António Gomes, é Professor Coordenador da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto, tendo-se doutorado em Literatura Portuguesa do século XX pela Universidade Nova de Lisboa e publicado diversos estudos nos âmbitos da História e da Crítica Literárias (Literatura Portuguesa Contemporânea e Literatura para a Infância e a Juventude), além de várias antologias. Nesta qualidade, fundou e dirige a revista Malasartes – Cadernos de Literatura para a Infância e a Juventude
in http://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_Pedro_M%C3%A9sseder  

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

1ª Fase do Concurso Nacional de Leitura


         É já amanhã, 4 de janeiro, que se realiza, no nosso Agrupamento de Escolas, a prova de seleção da 1ª Fase do Concurso Nacional de Leitura. 
      
BOAS LEITURAS e BOM TRABALHO!